BH E REGIÃO METROPOLITANA

UNIDADE GOITACAZES

(31) 2519.6900

UNIDADE CARLOS LUZ

(31) 2531.9300

FRANQUIA TERMINAL TURÍSTICO JK

(31) 3272.2955


ATENDIMENTO AGÊNCIAS

(31) 2519.6900


SAC

0800 880 1315 / 0800 880 1320

Acompanhe o nosso calendário de viagens.
Receba as nossas notícias e ofertas


 

 

 

Acesse as TABELAS vigentes.
 
 
BAIXA TEMPORADA
 
Porto Seguro e Arraial d'Ajuda (clique aqui para download)
Rio de Janeiro (clique aqui para download)
Sul do Brasil (clique aqui para download)
Caldas Novas (clique aqui para download)
Minas Gerais (clique aqui para download)
Pacotes Diversos (clique aqui para download)
 
 
ALTA TEMPORADA
 
 
Caldas Novas JULHO (clique qui para download)
Pacotes Diversos JULHO (clique aqui para download)
Pacotes Diversos JAN FEV (clique aqui para download)
Pacotes Diversos NATAL REVEILLON (clique aqui para download)
Sul do Brasil JULHO (clique aqui para downlad)
Feriados Prolongados 2017 (clique aqui para download)
Festas e Eventos Regionais (clique aqui para download)
Feriados prolongados 2018 (clique aqui para download)
 
Atualizado em julho/2017.
Valores sujeitos à alteração sem aviso prévio mesmo dentro da validade da Tabela.

Faça o download do informativo sobre nossa política de comercialização de pacotes próprios para menores de 12 anos.

 

>> clique aqui

 

Pacotes aéreos e internacionais sob consulta com seu Agente de Viagens.

Pelo Brasil: não é obrigatório emitir uma autorização, mesmo que o casal seja separado. É necessário apresentar apenas a carteira de identidade (RG) ou a certidão de nascimento (original ou cópia), que comprovem a filiação.
 
Para o exterior: mesmo que os pais viajem para o mesmo destino, mas estejam em voos diferentes, é obrigatório emitir uma autorização por escrito em duas vias, com a descrição do local do passeio e reconhecer firma por semelhança - aquele que não irá acompanhar a criança não precisa comparecer ao cartório, desde que já tenha firma aberta. Caso uma das partes estiver impossibilitada de assinar o documento, deve requerer uma autorização judicial nas Varas da Infância e da Juventude. A permissão é válida por dois anos.
 
Anote aí:
 
- Os modelos das autorizações de viagem podem ser encontrados no site do Tribunal de Justiça de São Paulo;
 
- O menor que está no Brasil e tem que retornar com a mãe ou o pai ao país onde mora, não precisa da permissão. Basta apresentar um atestado de residência ao consulado brasileiro.
Os atrasos e a prática de overbooking (venda de passagens em um número superior ao de assentos disponíveis no vôo) estão entre as maiores dores de cabeça de quem viaja de avião.
 
De acordo com o Departamento de Aviação Civil (DAC) , em caso de atraso superior a quatro horas, a companhia aérea tem a obrigação de proporcionar ao viajante todas as facilidades, como refeições, telefonemas, traslado (de e para o aeroporto) e acomodação, se for necessário. Se preferir, o consumidor também pode pedir o reembolso do valor pago pelo bilhete.
 
O reembolso é feito das seguintes maneiras:
Se o bilhete foi adquirido pelo sistema de crediário, somente será devolvido após sua quitação
Se adquirido com cartão de crédito, o valor a ser reembolsado será creditado em sua fatura.
Se o bilhete foi adquirido em dinheiro, a devolução poderá ser imediata.
 
Saiba que…
Se o bilhete estiver dentro da validade, o consumidor deve ser reembolsado com a tarifa do trecho emitido original com a tarifa do trecho emitido originalmente. Se for bilhete internacional, o valor a ser devolvido será calculado com base em moeda estrangeira ao câmbio do dia.
 
As condições de reembolso da passagem podem variar de acordo com a tarifa e a forma de pagamento acertada com a empresa. Assim, antes de adquirir a passagem, verifique as condições. O mesmo vale para o endosso, que depende dos convênios celebrados entre as companhias aéreas.
O prazo máximo para pagamento de reembolso é de 30 dias, contados a partir da data de solicitação.
 
Fontes: Departamento de Aviação Civil (DAC), Código Brasileiro de Aeronáutica (CBAer), portarias nº 676/GC-5, de 13.11.2000, e nº 18 e 19/DGAC, de 12 de janeiro de 2000.
Pelo Brasil: menores de 12 anos que forem embarcar com acompanhante sem grau de parentesco devem apresentar uma autorização de viagem por escrito emitida pelos pais, com firma reconhecida em cartório. Para viajar sozinho, dos 12 aos 18 anos, é necessária autorização dos pais com firma reconhecida.
 
Para o exterior: menores de 18 anos que forem viajar com terceiros devem apresentar o documento de identificação (RG ou passaporte) e uma autorização por escrito emitida pelos pais, com firma reconhecida em cartório. Se um dos pais não puder assinar a autorização, deve-se requerer o documento na Vara da Infância e da Juventude.
 
Anote aí:
 
- Os modelos das autorizações de viagem podem ser encontrados no site do Tribunal de Justiça de São Paulo. O novo passaporte (modelo azul) não tem informações sobre paternidade. Por isso, crianças ou adolescentes que viajam acompanhadas ou não por seus pais, devem apresentar no check-in um documento que comprove a filiação.

O seguro-viagem garante assistência médica e odontológica, além de outros serviços adicionais como suporte jurídico, indenização por extravio da bagagem, auxílio em caso de perda de documentos, reembolso por atrasos ou cancelamentos de voos. Por essas e outras, vale a pena contratar um antes de embarcar!

O passaporte emitido pela Polícia Federal é o principal documento na hora de viajar para o exterior. Ele identifica o cidadão brasileiro em outros países e permite a entrada e a saída pelos portos, aeroportos e vias de acesso internacional. Veja como providenciá-lo no site da Polícia Federal.
 
Anote aí:
 
A maioria dos países exige que o passaporte tenha no mínimo 6 meses de validade. Por isso, é aconselhável renovar o documento antes de ele expirar.
 
 
 

 

Documentos exigidos para tirar o passaporte
 
Confira qual a documentação necessária para tirar ou renovar o passaporte:
 
Anote aí:
 
- Documento de identidade (como carteira de identidade, habilitacão ou militar);
 
- CPF;
 
- Certidão de casamento (quem casou e mudou de nome);
 
- RG ou certidão de nascimento (para menores de 18 anos);
 
- Título de eleitor e comprovantes de votação nos dois turnos (se houve) da última eleição. Na falta deles, leve uma declaração da Justiça Eleitoral que prove que está quite com as obrigações eleitorais;
 
- Certificado de reservista ou uma declaração da Junta Militar de que está quite com o Serviço Militar para os homens entre 18 e 45 anos;
 
- Certificado de naturalização para os naturalizados;
 
- Comprovante de preenchimento do formulário online;
 
- Comprovante do pagamento da guia (GRU);
 
- Passaporte anterior (quando houver).
 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT ) é o órgão que regulamenta  e fiscaliza a prestação de serviços de transportes terrestres de passageiros em todo o Brasil, seja nas viagens interestaduais (de um estado para outro) ou do Brasil para países vizinhos (viagens internacionais). Além do transporte de passageiros, a ANTT controla e fiscaliza as concessões rodoviárias, as concessões ferroviárias e o transporte de cargas.

 

Criança acompanhada, para viajar deve ter um documento pessoal, como, por exemplo, a certidão de nascimento.  Para embarcar criança desacompanhada, você precisa obter uma autorização de viagem emitida pelo Juizado de Menores.

Será permitido o transporte de uma mala por passageiro, cujas medidas não excedam 70 x 50 x 20 cm até 32 quilos e um volume de mão tipo frasqueira, até 5 quilos e a soma das dimensões não ultrapasse 115 cm, a qual deverá permanecer sempre em poder do cliente e devidamente etiquetada. A empresa não se responsabiliza pelo transporte de valores ou objetos preciosos, produtos perecíveis e inflamáveis em suas bagagens, sendo que, em caso de dano ou extravio, o limite estipulado para indenização será o que determina o Art. 74, parágrafo 2°, do Decreto 2.521/98 e o Art. 36 do Decreto 32656/91 – MG, que regulamenta o transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros.

 

Nenhum passageiro poderá fumar (respeitando a lei vigente), viajar embriagado ou, sem a permissão de autoridade competente, portar arma. Se for advertido pelo motorista ou fiscal, deverá desligar aparelhos sonoros. Enfim, deverá tomar todos os cuidados para não comprometer a segurança, a tranquilidade e conforto dos demais passageiros.

Ao comprar sua passagem, você não é obrigado a adquirir seguros de viagem: esses serviços são adicionais e facultativos.

Você pode apresentar um documento oficial com foto que permita a sua identificação, por exemplo: carteira de identidade (RG); carteira nacional de habilitação (CNH); carteira de identidade emitida por conselho ou federação profissional, com fotografia (OAB, Crea e outras); carteira de trabalho; passaporte nacional; cartões de identificação expedidos pelos Poderes Judiciário e Legislativo Federal ou estaduais; documento expedido por ministério ou órgão subordinado à Presidência da República.

 

A taxa de embarque é cobrada pelas empresas aéreas, no ato da venda da passagem, e repassada à administração do aeroporto para manutenção da infraestrutura e dos serviços. Pistas, pátios de aeronaves, salas de embarque, elevadores, escadas rolantes, ar-condicionado, sistema de som e limpeza são alguns dos itens que são de responsabilidade da administração aeroportuária. O valor é determinado em função da categoria do aeroporto e da natureza da viagem (doméstica ou internacional).

 

Alguns países exigem dos viajantes o Certificado Internacional de Vacinação ou a profilaxia contra a febre amarela. O passageiro pode consultar se o país para o qual está se dirigindo faz essa exigência no Sistema de Informações sobre Portos, Aeroportos e Fronteiras (Sispafra) da Anvisa em: www.anvisa.gov.br/viajante.

Para a emissão do Certificado, você deve procurar um dos Centros de Orientação para a Saúde do Viajante da Anvisa espalhados por todo o país. Leve com você o Cartão Nacional de Vacinação e um documento de identificação oficial com foto. O atendimento pode ser agilizado se você realizar, com antecedência, um pré-cadastro no Sispafra. De acordo com as condições da sua viagem, outras vacinas poderão ser recomendadas. É importante observar que elas têm um período, que pode variar entre dez dias e seis semanas, para atingir a proteção esperada. No caso da vacinação contra a febre amarela, o não cumprimento do prazo de proteção pode impedir sua entrada em alguns países. Por isso, vacine-se com antecedência.

 

Os limites da bagagem de mão são definidos por critérios de segurança para atender ao peso máximo de decolagem do avião e ações preventivas de segurança a bordo. Em voos domésticos, a bagagem não pode ser maior que 115 cm (considerando altura + comprimento + largura) e o peso máximo é de 5 kg. Caso exceda essa especificação, a companhia aérea poderá exigir que a bagagem não viaje com você e seja despachada.
 
Qual o peso da bagagem que posso despachar sem custo adicional?
Depende do tamanho da aeronave e da classe na qual o passageiro está viajando (primeira classe ou classe econômica, por exemplo). Em média, cada passageiro pode levar até 23 kg. A companhia aérea é autorizada a cobrar pelo excesso de bagagem, no ato do check-in, um valor que pode chegar a 0,5% da tarifa cheia por quilo de excesso. A empresa também pode negar o transporte da bagagem excedente ou transportá-la em outro voo. Artigos esportivos em geral (prancha de surfe, bicicleta etc.), instrumentos musicais e outros tipos de bagagem especial deverão ser incluídos na franquia, da mesma forma que uma bagagem comum. Para mais informações, consulte a empresa aérea.
 

Ao comprar sua passagem, você não é obrigado a adquirir seguros de viagem: esses serviços são adicionais e facultativos.

Você pode apresentar um documento oficial com foto que permita a sua identificação, por exemplo: carteira de identidade (RG); carteira nacional de habilitação (CNH); carteira de identidade emitida por conselho ou federação profissional, com fotografia (OAB, Crea e outras); carteira de trabalho; passaporte nacional; cartões de identificação expedidos pelos Poderes Judiciário e Legislativo Federal ou estaduais; documento expedido por ministério ou órgão subordinado à Presidência da República; licenças de piloto, comissário, mecânico de voo e despachante operacional de voo emitidas pela Anac. Em casos de voos domésticos, são aceitas as cópias autenticadas desses documentos.


Siga-nos nas redes sociais
UNIDADE GOITACAZES - Rua Goitacazes, 333, Loja 1, Centro, Belo Horizonte - MG.
Em frente ao estacionamento do Shopping Cidade e ao lado do McDonald’s - (31) 2519.6900
UNIDADE CARLOS LUZ - Avenida Carlos Luz, 1.565, Caiçara, Belo Horizonte - MG.
Próximo ao Shopping Del Rey - (31) 2531.9300
FRANQUIA TERMINAL TURISTICO JK - Terminal Turístico JK - Rua dos Guajajaras, 1.353, lj. 44, Centro, Belo Horizonte - MG.
Próximo a Praça Raul Soares - (31) 3272.2955
Google+